Pular para o conteúdo principal

Público e Renda: Campeonato Brasileiro 2017 R21



Despencando?

Até o final do primeiro turno houve uma curva ascendente da média de público pagante e renda bruta, fazendo com que o Brasileirão 2017 ficasse apenas abaixo do campeonato de 2015 em termos de público e renda. As perspectivas pareciam positivas de que o segundo turno pudesse aumentar ainda mais essa ascensão.

Foram disputadas apenas duas rodadas do segundo turno, ambas em finais de semana, onde a presença de público costuma ser maior, mas até o momento houve uma queda nos números, com média abaixo de 15 mil pagantes/jogo, além da queda da renda bruta e da taxa de ocupação.

No geral a média de público pagante ainda está levemente acima dos 16 mil por jogo mas, caso as médias se mantiverem nos níveis das duas últimas rodadas, a partir da próxima semana a  média de público cairá para baixo dos 15 mil.

Apenas o Corinthians, primeiro colocado disparado, conseguiu manter a sua excelente média de público pagante, renda bruta, ticket médio e taxa de ocupação, apesar do tempo frio e chuvoso no estado de São Paulo. 

O Palmeiras, que vinha em segundo lugar em quase todos os quesitos, teve uma forte queda na presença de público no jogo do último final de semana. A eliminação da Copa Libertadores, a baixa perspectiva de mudar o atual cenário no campeonato, num dia frio e chuvoso e num dos horários com pior média de público (domingo 19 horas), com certeza afetou no comparecimento. Apenas as próximas rodadas irão demonstrar se um ou mais fatores acima citados poderão afetar no comportamento do torcedor palmeirense.

Após a rodada 21 ganhou força o discurso sobre a importância que os dirigente e treinadores estão tratando o campeonato brasileiro em comparação às outras competições. Mais uma vez vimos Flamengo, Grêmio e Botafogo jogarem com times reservas, priorizando os jogos das semi finais da Copa do Brasil.

Os números abaixo demonstram com fatos como isso impacta no comportamento do torcedor:

Flamengo x Atlético Goianiense - Rodada 21 do Campeonato Brasileiro
Renda Bruta: R$ 319.740
Público Pagante: 5.969
Ticket Médio: R$ 53,57
Taxa de Ocupação: 30%

Flamengo x Botafogo - Semi final Copa do Brasil
Renda Bruta: R$ 2.955.550
Público Pagante: 47.573
Ticket Médio: R$ 62,13
Taxa de Ocupação: 60%

Grêmio x Atlético Paraense - Rodada 21 do Campeonato Brasileiro
Renda Bruta: R$ 461.683
Público Pagante: 13.615
Ticket Médio: R$ 33,91
Taxa de Ocupação: 24%

Grêmio x Cruzeiro - Semi final Copa do Brasil
Renda Bruta: R$ 1.758.042
Público Pagante: 41.711
Ticket Médio: R$ 42,15
Taxa de Ocupação: 75%


Nos dados acima podemos observar qual o campeonato o torcedor está valorizando. Mesmo no meio de semana, num horário que no Campeonato Brasileiro está na metade inferior em termos de médio de público pagante, o torcedor foi aos jogos, mesmo pagando mais pelo ingresso pois, nos jogos da Copa do Brasil, aparentemente estão dando maior importância, seguindo o que os dirigentes e treinadores comunicam nas suas coletivas de imprensa e nas escalações.

Creio que é preciso retomar o debate para levantar quais os fatores poderiam impactar para que o torcedor dê o mesmo valor ao Campeonato Brasileiro, entender os fatores motivacionais que poderiam fazer com que todos os envolvidos façam a cada rodada do Brasileirão, a mesma atmosfera que vimos nos jogos da Copa do Brasil.

Como mencionado no post da semana passada, creio que a fórmula de disputa pode ser um dos fatores a serem reavaliados.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Os Alienistas

Tudo começou em 1995, na final da Supercopa São Paulo de Juniores. Após o gol de ouro que deu o título ao Palmeiras, os palmeirenses invadiram o gramado para comemorar e foram provocar os são paulinos, que, aproveitando a pouca presença de policiais, invadiram o gramado, transformando o campo de jogo na primeira batalha campal entre torcidas organizadas transmitidas ao vivo pela TV. 
As consequências foram a morte do garoto Márcio Gasparin, a condenação de Adalberto Benedito do Santos e, pela primeira vez, as organizadas Mancha Verde e Independente foram extintas pelo promotor público Fernando Capez, que comentou na época: “Era necessário um tratamento de choque.”
Como na belíssima obra O Alienista, de Machado de Assis, a partir dessa época começou a batalha dos Alienistas contra a festa popular nas arquibancadas do Brasil. Depois dessa medida, as bandeiras, instrumentos, faixas, papéis picados, rojões, fogos de artifício, sinalizadores foram proibidos, além de não poder vender cerveja.…

O Dono e os Chefs

Após sete mudanças de treinadores em apenas quatro rodadas do Campeonato Brasileiro da Série A, vários colunistas estão criticando o que já é recorrente na gestão do clubes brasileiros, a troca de treinadores por maus resultados ou expectativas não alcançadas.
Para tentar ilustrar de uma forma mais lúdica as consequências deste comportamento inaceitável dos gestores esportivos, convido o leitor a ler a seguinte historia:
O Dono e os Chefs
Uma churrascaria acaba de trocar de dono no início de dezembro e, como o negócio não ia bem, o dono resolveu trocar de churrasqueiro, pois os clientes estavam reclamando da qualidade da comida, tanto que as vendas estavam baixas recentemente.
O novo mestre churrasqueiro, juntamente com o dono, estavam com várias ideias e decidiram aumentar a variedade de carnes no cardápio. No começo do ano a curiosidade dos clientes fez com que aumentassem as vendas mas,  após 3 meses, os clientes já perceberam que a qualidade e a expectativa com o novo churrasqueiro fi…

Os fatores que impactam na percepção de valor dos torcedores parte 2 : Precificação

Na semana passada iniciei uma série de posts referentes aos fatores que impactam na percepção de valor dos torcedores. O próximo fator que gostaria de compartilhar com vocês é a precificação dos ingressos.
Como ponto de partida dessa análise, vamos avaliar o comportamento do torcedor do São Paulo em alguns jogos no Morumbi:
23/03/2016 – Campeonato Paulista São Paulo 1 x 0 Botafogo de Ribeirão Preto Dia da semana: quarta feira Horário: 21:45h Público Pagante: 3.118 Renda Bruta: R$ 123.026 Ticket Médio: R$ 39,49
06/07/2016 – Copa Libertadores da América São Paulo 1 x 2 Atlético Nacional (semi final) Dia da semana: quarta feira Horário: 21:45h Público Pagante: 61.766 Renda Bruta: R$ 7.526.480 Ticket Médio: R$ 121,85
22/10/2016 – Campeonato Brasileiro São Paulo 2 x 0 Ponte Preta Dia da semana: sábado Horário: 17:00h Público Pagante: 49.673 Renda Bruta: R$ 600.541 Ticket Médio: R$ 12,09
12/02/2016 – Campeonato Paulista São Paulo 5 x 2 Ponte Preta Dia da semana: domingo Horário: 17:00h Público Pagante: 50.952 Renda Br…